Crime e Castigo - Col. L&pm Pocket (Em Portugues do Brasil)

Fiodor Dostoievski
Nesta historia, o protagonista Raskolhnikov, um jovem e pobre estudante de direito, comete um duplo homicidio na tentativa de provar sua tese de que ha homens superiores, aos quais e permitido transgredir a lei, sem estarem sujeito a etica tradicional. Ele entao mata uma velha agiota e sua irma para roubar seu dinheiro e assim poder retomar a carreira e ajudar a familia. Em Crime e castigo, o escritor russo trata com perfeicao uma das questoes mais importantes de sua obra: a transgressao das leis morais em busca de uma maior liberdade e as dramaticas consequencias de essa atitude, refletidas na angustia e no tormento que perseguem Raskolhnikov apos o duplo homicidio - sentimentos que o acompanharao ate o final do processo, que culmina com uma pena de sete anos num campo de trabalho da Siberia. Quando Dostoievski comecou a trabalhar no livro, no verao de 1865, ele estava deprimido e em uma situacao financeira dificil devido a dividas de jogo. Ameacado por credores, o escritor firmou um contrato nada vantajoso que concedia aos editores inumeros direitos sobre suas obras seguintes. Em 1866, quando os primeiros capitulos da historia comecaram a aparecer em periodicos, N. N. Strakhov, um critico russo do seculo XIX, observou que o romance era tao poderoso que as pessoas ficavam agitadas ao le-lo devido a tensao dramatica, as descricoes fieis e principalmente as questoes morais envolvidas na trama. Ha mais de um seculo criticos buscam enquadrar o romance de Dostoievski em uma categoria, oscilando em classifica-lo como um romance politico, um estudo psicologico ou mesmo um tratado religioso. O certo e que Dostoievski criou um personagem que e universal, alguem com quem o leitor pode simpatizar, sentir pena e ate mesmo se reconhecer - o que fez com que a obra seja cada vez mais lida e apreciada.

Reviews

No reviews
Item Posts
@sgazevedo
@sgazevedo completed #crimeecastigocol... on 2009-12-29
@sgazevedo
@sgazevedo began #crimeecastigocol... on 2009-12-26